Crescimento e produção do jambu submetido a lâminas de irrigação

  • Camila Duane Correa Gaia Universidade Federal Rural da Amazônia-UFRA https://orcid.org/0000-0002-3669-7984
  • Italo Marlone Gomes Sampaio Universidade Rural da Amazônia (UFRA), ICA – Instituto de Ciências Agrárias, Avenida Presidente Tancredo Neves, 2501, 66.077-830, Belém, Pará, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-0801-6408
  • Mariele dos Santos Araújo Universidade Rural da Amazônia (UFRA), ICA – Instituto de Ciências Agrárias, Avenida Presidente Tancredo Neves, 2501, 66.077-830, Belém, Pará, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-2819-1764
  • Jéssica Mariana Coelho Magalhães Universidade Estadual Paulista (UNESP), Rua José Barbosa de Barros, 1780, 18.610-307, Botucatu, São Paulo, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-7775-8894
  • Raquel Giselli Assis Rosário Universidade Rural da Amazônia (UFRA), ICA – Instituto de Ciências Agrárias, Avenida Presidente Tancredo Neves, 2501, 66.077-830, Belém, Pará, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-2334-3826
  • Rodrigo Otávio Rodrigues de Melo Souza Universidade Rural da Amazônia (UFRA), ICA – Instituto de Ciências Agrárias, Avenida Presidente Tancredo Neves, 2501, 66.077-830, Belém, Pará, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-7099-6478
Palavras-chave: Acmella oleracea, eficiência de água, manejo da irrigação

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes lâminas de irrigação no crescimento e produção de plantas de jambu. Os tratamentos consistiram de cinco lâminas de irrigação correspondentes a 40%, 70%, 100%, 130% e 160% da capacidade de campo. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com quatro repetições. A parcela foi constituída por quatro plantas em vasos separados. Para efeito de comparação dos tratamentos, aos 27 dias após o transplantio, foram analisadas as seguintes variáveis: comprimento da parte aérea (CPA), diâmetro da haste (DH), massa fresca de folhas (MFF), massa fresca de caule (MFC), massa fresca de raiz (MFR) massa fresca das inflorescências (MFI), massa seca de folhas (MSF), massa seca de caule (MSC), massa seca de raiz (MSR), massa seca dedas inflorescências (MSI) e eficiência do uso de água (EUA). O efeito das lâminas foi significativo para as variáveis analisadas com exceção do DH e MSI. Houve comportamento quadrático para a maioria dos variáveis em relação as lâminas de irrigação aplicadas. Os valores máximos de cada parâmetros foram obtidos com lâminas próximas a lâmina de 100% da capacidade de campo. Embora a eficiência da utilização de água tenha sido maior para a lâmina de 40% da capacidade de campo, o mais recomendado é utilizar a lâmina de 100% da capacidade de campo, pois esta proporcionou as melhores respostas das variáveis analisadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALEMAN, C. C.; MARQUES, P. A. A.; PACHECO, A. C. Chamomile production using supplementary irrigation and organic fertilization in sandy soils. Revista Caatinga, Mossoró, v. 29, n. 2, p. 313-319, 2016.

ALVARES, C. A.; STAPE, J. L.; SENTELHAS, P. C.; GONÇALVES, J. L. M.; SPAROVEK, G. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, Stuttgart, v. 22, n. 6, p. 711-728, 2013.

ALVARENGA, I. C. A.; PACHECO, F. V.; ALVARENGA, A. A.; BERTOLUCCI, S. K. V.; PINTO, J. E. B. P. Growth and production of volatile compounds of yarrow (Achillea millefolium L.) under different irrigation depths. Anais da Academia Brasileira de Ciências, Rio de Janeiro, v. 90, n. 4, p. 3901-3910, 2018.

BARBOSA, A. F. Avaliação química e biológica do jambu (Acmella oleracea L.) seco com ar frio e liofilizado. 2016. 255 f. Tese (Doutorado em Ciências) – Instituto de Tecnologia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2016.

BORGES, L. S. Potencial antioxidante, óleo essencial e atividade antifúgica de plantas de jambu (Spilanthes oleracea), cultivadas sob adubação orgânica e convencional e processamento mínimo de nectarina (Prumus pérsica var. nectarina): conservação de suas qualidade e propriedades bioativas. 2012. 184 f. Tese (Doutorado em Agronomia) – Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2012.

BORGES, L. S.; GOTO, R.; LIMA, G. P. P. Índices morfo-fisiológicos e produtividade de cultivares de jambu influenciadas pela adubação orgânica e mineral. Bioscience Journal, Uberlândia, v.30, n.6, p. 1768-1778, nov./dez. 2014.

BRITO, L. T. L.; CAVALCANTI, N. B.; SILVA, A. S.; PEREIRA, L. A. Produtividade da água de chuva em culturas de subsistência no semiárido pernambucano. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 32, n. 1, p. 102-109, jan./fev. 2012.

CARDOSO, M. O.; GARCIA, L. C. Jambu. In: CARDOSO, M. O. (Coord.). Hortaliças não convencionais da Amazônia. Manaus: EMBRAPA, CPAA, 1997. p. 133-140.

CARPINSKI, M.; SANTOS, R. F.; ROSA, H. A.; BASSEGIO, D.; SILVEIRA, L.; TOMASSONI, F. Sensibilidade da alface americana sob nível freático. ACTA Iguaçu, Cascavel, v. 2, n. 4, p. 55-64, 2013.

FÁTIMA, R. T.; JESUS, E. G.; GUERREIRO, A. C.; ROCHA, J. L. A.; BRITO, M. E. B. Crescimento e trocas gasosas em alface cultivada sob regimes hídricos e adubação fosfatada. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada, Fortaleza, v. 12, n. 3, p. 2683-2891, 2018.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statiscal analysis system. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 160, n. 6, p.1039-1042, 2011.

FLECHA, P. A. N. Sensibilidade das culturas da batata (Solanum tuberosum L.) e da alface (Lactuca sativa L.) ao excesso de água no solo. 2004. 68p. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2004.

FURLANI, P. R.; SILVEIRA, L. C. P.; BOLONHEZI, D.; FAQUIM, V. Cultivo hidropônico de plantas. Campinas: IAC, 1999. 52p (Boletim técnico, 180).

GUSMÃO, M. T. A.; GUSMÃO, S. A. L. Jambu da Amazônia (Acmella oleracea): Características gerais, cultivo convencional, orgânico e hidropônico. EDUFRA, 1ª ed., 2013, 135 p.

GUSMÃO, S. A. L.; GUSMÃO, M. T. A.; SILVESTRE, W. V. D.; LOPES, P. R. A. Caracterização do cultivo de jambu nas áreas produtoras que abastecem a grande Belém. In: Congresso Brasileiro de Horticultura, Fortaleza, 2005. Disponível em: <http://www.abhorticultura.com.br/biblioteca/arquivos/Download/Biblioteca/olfg4074C.pdf>. Acesso em: 24 nov. 2017.

HOMMA, A. K. O.; SANCHES, R. S.; MENEZES, A. J. E. A.; GUSMÃO, S.A.L. Etnocultivo do jambu para abastecimento da cidade de Belém, Estado do Pará. Amazônia: Ciência & Desenvolvimento, Belém, v.6, n.12, jan./jun. p. 125-141, 2011.

KLAR, A. E.; VILLA NOVA, N. A.; MARCOS, Z. Z.; CERVELLINI, A. Determinação da umidade do solo pelo método das pesagens. Anais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, v.23, p.16-30, 1966.

KOETZ, M; COELHO, G.; COSTA, C. C.C.; LIMA, E. P.; SOUZA, R. J. Efeito de doses de potássio e da frequência de irrigação na produção da alface-americana em ambiente protegido. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 26, n. 3, p. 730-737, 2006.

LIMA JUNIOR, J. A.; PERREIRA, G. M.; GEISENHOFF, L. O.; VILAS BOAS, R. C.; SILVA, W. G.; SILVA, A. L. P. Produtividade da alface americana submetida a diferentes lâminas de irrigação. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 33, n. 1, p. 2681-2688, 2012.

MANTOVANI, E. C. Avalia: Programa de Avaliação da Irrigação por Aspersão e Localizada. Viçosa, MG: UFV, 2001.

MARENCO, R. A.; ANTEZANA-VERA, S. A.; GOUVÊA, P. R. S.; CAMARGO, M. A. B.; OLIVEIRA, M. F. O.; SANTOS, J. K. S. Fisiologia de espécies florestais da Amazônia: fotossíntese, respiração e relações hídricas. Revista Ceres, Viçosa, v. 61, n. 7, p. 786-789, nov./dez. 2014.

NUNES, K. G.; COSTA, R. N. T.; CAVALCANTE JUNIOR, J. A. H.; ARAÚJO, D. F. Comportamento da alface-americana sob diferentes doses de composto orgânico e lâminas de irrigação. Irriga, Botucatu, v. 22, n. 1, p. 167-176, jan./ mar., 2017.

PILLAU, F. G.; MEDEIROS, S. L. P.; MANFRON, P. A.; BIANCHI, C.; CARON, B. O.; BONNECARRERÉ, R. Influência do intervalo entre irrigações na produção e nas variáveis fisiológicas da alface hidropônica. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, v. 10, n. 2, p. 237-244, 2002.

SAMPAIO, I. M. G.; GUIMARÃES, M. A.; LEMOS NETO, H. S.; MAIA, C. L.; VIANA, C. S.; GUSMÃO, S. A. L. Pode o uso de mudas agrupadas e a maior densidade de plantio aumentar a produtividade de jambu? Amazonian Journal of Agricultural and Environmental Sciences/Revista de Ciências Agrárias, Belém, v. 61, p. 1-8, 2018.

SAMPAIO, I. M. G.; GUIMARÃES, M. A.; LEMOS NETO, H. S.; MAIA, C. L.; VIANA, C. S.; GUSMÃO, S. A. L. Recipientes e densidades de semeadura combinadas com o tempo na produção de mudas de jambu. Amazonian Journal of Agricultural and Environmental Sciences/Revista de Ciências Agrárias, Belém, v. 62, p. 1-10, 2019.

SANTOS, M. A. L.; SANTOS, D. P.; MENEZES, S. M.; LIMA, D. F.; VIEIRA, J. P. S. Produção da cultura da alface (Lactuca sativa L.) em função das lâminas de irrigação e tipos de adubos. Ciência Agrícola, Rio Largo, v. 13, n. 1, p. 33-39, 2015.

SOUSA, V. F.; COÊLHO, E. F.; ANDRADE JUNIOR, A. S.; FOLEGATTI, M. V.; FRIZZONE, J. A. Eficiência do uso da água pelo meloeiro sob diferentes frequências de irrigação. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 4, n. 2, p. 183-188, 2000.

SOUZA, R. O. R. M.; PANTOJA, A. V.; AMARAL, M. A. C. M; PEREIRA NETO, J. A. Cenário da agricultura irrigada no Estado do Pará. Irriga, Botucatu, v. 17, n. 2, p. 177-188, abr./jun., 2012.

SRINIVAS, K.; HEGDE, D. M.; HAVANAGI, G. V. Plant water relations, canopy temperature, yield and water-use efficiency of watermelon (Citrullus lanatus (Thamb) Matsum et Nakai) under drip and furrow. Journal of Horticultural Science, Ashford, v. 64, n. 1, p. 115-124, 1989.

TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia vegetal. Tradução de Eliane Romanato Santarém. 3 ed. Porto Alegre: Artmed, 2004.

TAIZ, L.; ZEIGER, E.; MULLER, I. M.; MURPHY, A. Fisiologia e desenvolvimento vegetal. Tradução de Alexandra Antunes et al. 6 ed. Porto Alegre: Artmed, 2017.

VALERIANO, T. T. B.; SANTANA, M. J.; OLIVEIRA, A. F.; MACHADO, L. J. M. Alface americana cultivada em ambiente protegido submetida a doses de potássio e lâminas de irrigação. Irriga, Botucatu, v. 21, n. 3, p. 620-630, jun./ set., 2016.

Publicado
2020-05-27
Seção
Artigos Científicos